Previdência privada - Brasilprev

Previdência privada

O seu amanhã começando hoje

O que é?

Muito além da aposentadoria, a previdência privada é uma maneira de formar uma reserva financeira. Um jeito de guardar dinheiro para realizar projetos a médio e longo prazo: quem quer ter um amanhã tranquilo sabe que é bom começar desde já.

Muito além da aposentadoria, a previdência privada é uma maneira de formar uma reserva financeira. Um jeito de guardar dinheiro para realizar projetos a médio e longo prazo.

Antes de começar...

  • Credibilidade

    Credibilidade

    Os planos de previdência privada da Brasilprev oferecem a você toda a segurança e solidez do Banco do Brasil, uma das marcas mais sólidas e respeitadas do mercado financeiro brasileiro, além da experiência da Principal Financial Group, uma das maiores companhias financeiras dos Estados Unidos.

  • É para o futuro

    É para o futuro

    É importante saber que esse tipo de investimento é mais adequado para planos de médio e longo prazo, assim as vantagens tributárias compensarão os custos do produto.

Como funciona?

  • Fundos
  • Taxas

O seu perfil de investidor determina qual o melhor plano para você alcançar os seus objetivos.

O seu perfil de investidor determina qual o melhor plano para você alcançar os seus objetivos.

Imagem relacionada ao termo Renda Fixa

Renda Fixa

Ideal para quem é conservador nas aplicações e prefere não correr risco. Com uma leve flutuação no curto prazo, é o investimento nos papéis mais seguro do mercado, combinando títulos públicos e privados.

Saiba mais
Imagem relacionada ao termo Ciclo de Vida

Ciclos de vida

Feito para quem procura uma aplicação que se ajuste ao longo do tempo. Ela começa com mais presença na renda variável e, conforme se aproxima da data de saída, a composição se fortalece na renda fixa para garantir o que você investiu.

Saiba mais
Imagem relacionada ao termo Multimercado

Multimercado

Ideal para quem deseja retornos maiores de investimento e sabe lidar com as variações (e emoções) do mercado. Nessa modalidade, a aplicação pode ser feita em composições de renda fixa e de 20% a 49% em renda variável.

Saiba mais

Taxa de administração

É cobrada pela tarefa de administrar o dinheiro do fundo de investimento, criado para o seu plano. Como é descontada diariamente do valor total da reserva, a rentabilidade informada sobre seus fundos é sempre líquida, ou seja, você vê os valores com a taxa de administração já debitada.

Taxa de carregamento

Ela serve para cobrir despesas de corretagem e administração. Existem três formas de taxa de carregamento, dependendo do plano contratado. São elas: Antecipada, Postecipada e Híbrida. Saiba mais!

Serve para cobrir despesas de corretagem e administração. Existem três formas de taxa de carregamento, dependendo do plano contratado. São elas: Antecipada, Postecipada e Híbrida. Saiba mais!

Hora de realizar!

  • Formas de recebimento
  • Tributação

Depois de tanto tempo guardando dinheiro, chegou o momento tão esperado: a realização do seu projeto de vida. As principais formas de recebimento do seu plano de previdência são:

As principais formas de recebimento do seu plano de previdência são:

  • Pagamento único

    Você recebe todo seu montante de uma só vez.

  • Renda por prazo certo

    Você determina por quantos anos irá receber mensalmente o montante acumulado. A renda é corrigida anualmente pelo índice de inflação contratado.

  • Renda Vitalícia

    Aqui você garante uma renda mensal para o resto da vida e a quantia é anualmente corrigida pelo índice de inflação.

Todo seu esforço será recompensado! Da mesma forma como você se planejou para investir, também vale se planejar para escolher uma forma de tributação, que é como você vai pagar o imposto sobre seus rendimentos para o governo.

Da mesma forma como você se planejou para investir, também vale se planejar para escolher uma forma de tributação, que é como você vai pagar o imposto sobre seus rendimentos para o governo.

  • Regressiva

    A tributação regressiva é vantajosa para quem está de olho no longo prazo. Quanto mais tempo investido o dinheiro, menor a alíquota do Imposto de Renda, veja:

    Até
    2 anos

    35%

    De 2 a
    4 anos

    30%

    De 4 a
    6 anos

    25%

    De 6 a
    8 anos

    20%

    De 8 a
    10 anos

    15%

    Mais de
    10 anos

    10%

  • Progressiva

    A tributação progressiva serve para quem está pensando na previdência para ter uma fonte de renda mensal lá na frente: é a mesma que determina a alíquota do Imposto de renda sobre o seu salário hoje. Na prática o que determina a alíquota sobre o plano de previdência é o valor a ser resgatado ou transformado em renda mais 15% que ficam retido na fonte.


    Para ter uma ideia do impacto que isso vai ter na renda mensal que você projetou para o seu amanhã, veja a tabela do IR vigente aqui. Importante saber que ao escolher essa tributação você tem um mês a partir da contratação para trocar para regressiva.

E aí, pronto pra começar?

Agora você já está por dentro de todos os detalhes sobre previdência privada o próximo passo é a gente entender qual é seu objetivo e te indicar a melhor forma de chegar lá. Aqui na Brasilprev você pode investir nos seguintes planos:

Planos individuais

Planos individuais

Pra você que está pensando no seu amanhã.

Plano para o Júnior

Plano para o Júnior

Pra garantir o amanhã dos pequenos e das pequenas.

Planos empresariais

Planos empresariais

Para investir no amanhã dos seus colaboradores.

Deixe seu contato que nós ligamos pra você

Dúvidas?

Tudo bem, é normal. Veja algumas respostas ao lado, e se quiser conversar, clique aqui!

Tudo bem, é normal. Veja abaixo algumas respostas, e se quiser conversar, clique aqui!

  • O que é PGBL e VGBL?

    O PGBL – Plano Gerador de Benefício Livre – é um produto de Previdência Complementar moderno e flexível que visa à acumulação de recursos e à transformação destes em uma renda futura. Esse produto é destinado ao perfil de contribuinte que faz sua declaração de imposto de renda pelo modelo completo, pois pode usufruir o incentivo fiscal, deduzindo as contribuições efetuadas da base de cálculo do Imposto de Renda até o limite de 12% de sua renda bruta anual. Para isso, é necessário que seja contribuinte, ou aposentado pelo INSS, ou regime próprio de servidor público.

    O VGBL – Vida Gerador de Benefício Livre – é um produto semelhante ao PGBL, com algumas diferenças tributárias e conceituais, mas que também visa à acumulação de recursos e à transformação destes em uma renda futura. Esse produto é destinado ao perfil de contribuinte que faz sua declaração de imposto de renda pelo modelo isento ou simplificado, sendo que nesse tipo de plano não é possível abater os aportes efetuados da base de cálculo do Imposto de Renda.

  • Posso resgatar meu dinheiro a qualquer momento?

    Sim, você pode sacar o dinheiro investido antes da data planejada inicialmente e pode optar entre o resgate total ou parcial.

    Resgate total: Retirada total do saldo, por decisão do titular durante o período de acumulação, o que causa o cancelamento do plano.

    Resgate parcial: Retirada parcial do saldo, por decisão do titular durante o período de acumulação, desta forma, o plano permanece ativo e você pode continuar realizando as contribuições.

    > Carência
    O resgate somente pode ser efetuado após cumprir o período mínimo de permanência no plano (carência). O prazo de carência para efetuar um novo resgate é de 60 dias. As regras de carência estão previstas no contrato e na legislação brasileira.

    Importante: Em todo resgate há incidência de imposto de renda (IR), recolhido para o governo, conforme a tributação vigente do seu plano.

  • Qual tabela de Imposto de renda vigente

    Tabela progressiva para o cálculo mensal do IRPF para o exercício de 2018, ano base 2017.

    Até R$ 1.903,98

    Alíquota (isento)   ⁄   Parcela a deduzir do IR (isento)

    De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65

    Alíquota 7,5%   ⁄   Parcela a deduzir do IR R$ 142,80

    De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05

    Alíquota 15%   ⁄   Parcela a deduzir do IR R$ 354,80

    De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68

    Alíquota 22,5%   ⁄   Parcela a deduzir do IR R$ 636,13

    Acima de R$ 4.664,68

    Alíquota 27,5%   ⁄   Parcela a deduzir do IR R$ 869,36

  • Tenho vários projetos de vida, posso ter mais de um plano ao mesmo tempo?

    Sim, você pode ter quantos planos desejar.

  • Qual é a idade ideal para se fazer um plano de Previdência Complementar?

    Não existe idade para pensar no futuro. Porém, quanto mais cedo você começar a pensar nele, menor será o investimento necessário para alcançar seus projetos de vida ou obter uma renda futura que atenda às suas necessidades.

  • Por quanto tempo devo contribuir e quando começo a receber minha renda de aposentadoria?

    Nos planos da Brasilprev, é você quem decide por quanto tempo vai contribuir. O importante é ter em mente que previdência é um investimento de longo prazo e, quanto mais tempo você contribuir, maior será sua reserva de recursos. Para começar a receber sua renda, a idade mínima é de 50 anos.

  • Como eu faço para adquirir um plano de previdência complementar da Brasilprev?

    Visitando uma agência do Banco do Brasil à sua escolha.

  • Quais são as três formas de taxa de carregamento?

    Antecipada: incide sobre cada depósito que é feito no plano. É decrescente em função do valor do aporte e do montante acumulado. Ou seja, quanto maior o valor do aporte ou quanto maior o montante acumulado, menor será a taxa de carregamento antecipada.

    Postecipada: incide somente em caso de portabilidade ou resgates. É decrescente em função do tempo de permanência no plano, podendo chegar a zero. Ou seja, quanto maior o tempo de permanência, menor será a taxa.

    Híbrida: a cobrança ocorre tanto na entrada (no ingresso de aportes ao plano), quanto na saída (na ocorrência de resgates ou portabilidades).

  • É seguro contribuir em um plano de previdência complementar?

    As atuais entidades de Previdência Complementar são regulamentadas e fiscalizadas pelo governo. As aplicações relativas aos planos são controladas pelo Banco Central, e os planos estão sujeitos às normas do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP). Além disso, são fiscalizados pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), que regulamenta e fiscaliza todas as atividades do setor de seguros.

    De qualquer forma, é sempre importante verificar a estabilidade e a confiabilidade da empresa, bem como as garantias que oferece ao cliente. Os planos de Previdência Complementar da Brasilprev oferecem a você toda a segurança e solidez do Banco do Brasil, uma das marcas mais sólidas e tradicionais do mercado financeiro brasileiro, além da experiência da Principal Financial Group, uma das maiores empresas de previdência complementar e serviços financeiros dos Estados Unidos.

    Todos os fundos da Brasilprev são administrados pela BB-DTVM (Banco do Brasil Administração de Ativos Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.), a maior administradora de recursos da América Latina.

  • Quais são as diferentes modalidades de renda vitalícia?

    Vitalícia comum
    Você receberá o benefício mensalmente por toda sua vida. Em caso de falecimento, o pagamento do benefício será automaticamente cancelado conforme seu regulamento. Ou seja, os beneficiários não terão direito ao recebimento da renda.

    Vitalícia com Prazo Mínimo Garantido
    Nesta opção, você receberá o benefício mensalmente por toda sua vida e escolhe um prazo mínimo garantido para recebimento da renda. O prazo mínimo garantido sempre deve ser múltiplo de 5 anos, com um limite de 20 anos. Em caso de falecimento durante este prazo mínimo garantido, a renda é revertida aos beneficiários, que continuarão recebendo a renda até o término do prazo escolhido. Fica mantida a indicação de beneficiários e respectivos percentuais de participação de cada um, realizada no plano. Em caso de falecimento após o prazo mínimo garantido escolhido, o pagamento do benefício será automaticamente cancelado conforme seu regulamento

    Vitalícia Reversível ao Beneficiário Indicado
    Nesta opção, você receberá o benefício mensalmente por toda sua vida. Em caso de falecimento, o beneficiário indicado no momento da concessão do benefício passa a receber um percentual dessa renda, também vitaliciamente. O percentual que será repassado ao beneficiário será determinado no momento da concessão do benefício.

    Vitalícia Reversível ao Cônjuge/Companheiro(a) com Continuidade aos Menores
    Nesta opção, você receberá o benefício mensalmente por toda a vida. Em caso de falecimento, o cônjuge/companheiro passa a receber a renda vitaliciamente. Em caso de falecimento do cônjuge/companheiro, a renda é rateada ao(s) menor(es) indicado(s) como beneficiário(s) no momento da concessão do benefício, até que completem 21 anos.

  • Quanto custa ter um plano de previdência na Brasilprev?

    As únicas taxas que incidem sobre seu plano são as Taxas de Carregamento e as Taxas Administrativas.
    Na hora de resgatar ou receber seu dinheiro você também paga a tributação sob seu rendimento para o Governo, como ocorre em qualquer tipo de investimento.

    Taxas de Carregamento: incide sobre cada depósito que é feito no plano. Ela serve para cobrir despesas de corretagem e administração. Na maioria dos casos, a cobrança dessa taxa não ultrapassa 5% sobre o valor de cada contribuição que você fizer. No mercado há três formas de taxa de carregamento, dependendo do plano contratado. São elas:

    Antecipada: incide sobre cada depósito que é feito no plano. É decrescente em função do valor do aporte e do montante acumulado. Ou seja, quanto maior o valor do aporte ou quanto maior o montante acumulado, menor será a taxa de carregamento antecipada.

    Postecipada: incide somente em caso de portabilidade ou resgates. É decrescente em função do tempo de permanência no plano, podendo chegar a zero. Ou seja, quanto maior o tempo de permanência, menor será a taxa.

    Híbrida: a cobrança ocorre tanto na entrada (no ingresso de aportes ao plano), quanto na saída (na ocorrência de resgates ou portabilidades).

    Taxa Administrativa: a taxa de administração financeira é cobrada pela tarefa de administrar o dinheiro do fundo de investimento exclusivo, criado para o seu plano, e pode variar de acordo com as condições comerciais do plano contratado. Os que têm fundos com investimentos em ações, por serem mais complexos, normalmente têm taxas um pouco maiores do que aqueles que investem apenas em renda fixa.
    Importante: A taxa de administração financeira é cobrada diariamente sobre o valor total da reserva e a rentabilidade informada é líquida, ou seja, com o valor da taxa de administração já debitado.

  • Sou estrangeiro, posso ter um plano Brasilprev?

    Sim, pode. É necessário apenas que esteja em dia com sua documentação no Brasil e em seu país de origem. Na Brasilprev todos são bem vindos.

  • Tenho endereço fiscal fora do Brasil, preciso informar a Brasilprev?

    Sim, é de responsabilidade da pessoa estar em dia com seus documentos e legislação dos países que mantém endereço fiscal ativo.

    Caso tenha endereço fiscal nos EUA, você deve ficar atento ao FATCA, uma Lei Norte-americana de Conformidade Tributária para Contas Estrangeiras que visa prevenir a evasão fiscal dos cidadãos americanos e pessoas/entidades designados U.S. Person, que tenham responsabilidade fiscal com os EUA usando contas no exterior.

    Esta lei exige que as instituições financeiras, tais como a Brasilprev, forneçam informações sobre contas existentes fora dos Estados Unidos, mas que pertençam a pessoas dos EUA, mesmo quando não nascidas no país.

    Caso se enquadre no conceito U.S. Person, mesmo já sendo cliente ativo da Brasilprev, envie-nos sua declaração FATCA. Clique no link abaixo, preencha o formulário e siga suas instruções de envio.

    Baixar formulário FATCA

  • O que é U.S. Person?

    U.S. Person, de forma geral, são pessoas que possuam uma das seguintes características:

    Nacionalidade norte-americana;
    Pessoas nascidas nos EUA ou que tenham pais norte-americanos;
    Pessoas com visto de permanência nos EUA (green card), exceto alguns estudantes, ou residentes fiscais nos EUA, independentemente de serem residentes fiscais ou de terem também nacionalidade em outro país.